Skip to content

Eu escolhi o meu vilão

30 agosto, 2010

Apenas ouvi o empate de 2 a 2 entre Fluminense e São Paulo,  por isso não vou concentrar minhas críticas na atuação desastrosa de Belletti. Vou me concentrar na falha mais grave e infantil da partida.

Muita gente errou, de Muricy Ramalho a Fernando Henrique, mas nada se compara ao que o Washington fez nessa partida. E eu não estou me referindo só ao pênalti muito mal batido. O maior erro dele foi quando decidiu cobrar a penalidade.

Há menos de um mês, ele fazia a sua segunda estreia no Fluminense, depois de ficar mais de um ano no São Paulo. Mais de um ano convivendo com Rogério Ceni e treinando com ele. E aí, na primeira vez que as equipes se enfrentam, o jogador (de esperteza questionável) vai lá para dentro da área, bater o pênalti. Será que eles ficaram tão amigos assim a ponto de o Coração Valente querer dar esse presente ao adversário? Podia dar a camisa no final do jogo. Fica a dica para a próxima!

Mas claro, ele não tá sozinho. Será que não tinha ninguém ali para falar “ô malandro, esse cara sabe muito bem como você bate, deixa pra outro”? Uma substituição neste caso não seria a garantia de gol, mas pelo menos haveria a chance de o goleiro ser surpreendido.

Muricy também vacilou. Ele não é o técnico à toa, está ali para dar ordens. E qualquer um poderia supor que Washington não seria a melhor escolha. Isso porque eu ainda nem citei o talento duvidoso dele para as cobranças de penalidade máxima.

O treinador tentou se defender. “Os dois (Washington e Conca) são os nossos cobradores de pênalti. Dividimos todas as cobrança, também as de falta e escanteio, nos treinamentos diários, definindo nossos cobradores. Eles decidem na hora do jogo quem está melhor e por isso ele cobrou. É fácil avaliar se a opção foi correta depois do jogo”, justificou Muricy.

Ele disse que os dois jogadores dividem as cobranças de falta e escanteio. Me corrijam se eu estiver errada, mas não lembro de ter visto o Washington em nenhuma destas funções. Então porque na hora da facilidade, é ele quem tem a “honra”? Assim é mole! O Conca é o queridinho da torcida e recentemente pediu aumento. Mas era o capitão e não se impôs na hora que precisava. Pegou a bola pra bater, mas atendeu ao pedido do companheiro. Claro que tem créditos de sobra e participou dos gols do Fluminense, mas…

Desabafo sobre o pênalti feito, vou falar rápido do Fernando Henrique. Depois do jogo, Dudu veio me perguntar se eu ainda o amava. Claro! Ele falhou feio, mas fez ótimas defesas na partida e vamos combinar que ele já fez muito além do que qualquer fã como eu pode esperar. Eu ainda confio nele e acho uma falta de consideração da torcida vaiá-lo. Querem Rafael no lugar ele? Ou preferem Ricardo Berna? Então… apoiem!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: