Skip to content

O clássico dos milhões

14 março, 2010

Domingo no Maracanã. Sim, é mais um clássico de intensa rivalidade. Vasco e Flamengo, pela primeira vez em 2010. Eu, particularmente, mesmo como vascaíno convicto, não colocava muita confiança no meu time. Por dois motivos: o primeiro se chama Adriano, tá com uma vontade louca de limpar a ficha e ser convocado, então deveria dar tudo de si (ui!) pelo seu time. E mesmo fazendo o papelão que já é costume, o time todo gira em torno dele; é inevitável. O segundo atende pela graça de Vagner Mancini. Não confio, e nunca confiei nesse homem. Acho que foi uma péssima escolha; tio Dorival estava muito bem, obrigado. E se o Mancini quisesse continuar no cargo, teria de fazer milagre. Enfim, esperava o pior.

Bem, o primeiro tempo foi bem equilibrado, com destaques para Philippe Coutinho, mandando muito bem pela esquerda e sofrendo o pênalti mal batido pelo Dodô,  e Adriano que finalizava de forma espetacular para o Flamengo.  Ainda 0 a 0. No segundo tempo, a situação muda aos seis minutos, com um pênalti sofrido por Marcio Careca (não vou julgar o mérito, as imagens falam por si) e Adriano converte para o Fla. Dodô perde outro pênalti. Não, peraí. DODÔ PERDE OUTRO PÊNALTI. Está decretada a derrota do Vasco, fato que se confirma no apito final. Um Flamengo muito mais concentrado demole o Gigante da Colina. Eu esperava o pior. Só não esperava que fosse tão ruim assim.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: