Skip to content

Brava Raça Lusitana

15 outubro, 2009
Foto de Leandro Athayde

Foto de Leandro Athayde

Como o Fluminense não anda me divertindo muito resolvi explorar novos horizontes e já faz um bom tempo que acompanho a Portuguesa em sua luta pelo acesso à série A do carioca. A briga é dura com a segunda fase em andamento pelo menos seis times parecem credenciados a duas vagas: Olaria, Sendas, Goytacaz, América, Artsul e claro a Portuguesa Carioca.

Para começar esses jogos são em horários completamente fora do normal. Quartas e sábados à tarde. No último jogo, por exemplo, Portuguesa e América, o público foi em sua maioria de idosos e crianças.

É muito bonito ver essa mistura na arquibancada. Logo na entrada lembro-me de um velhinho com camisa e bandeira do “Méquinha” perguntando se maior de 80 anos também paga meia.

Com bola rolando o espetáculo não é dos melhores, mas não deixa de ser divertido. Ainda que os jogadores não sejam os astros que nos acostumamos a ver na série A do Brasileirão, eles são esforçados.

Na arquibancada fica a melhor parte. É muito bom chegar a um estádio quase do lado da sua casa sem atropelos ou confusões; beber uma cerveja no podrão da pracinha; sentar no lugar que quiser. Melhor ainda é torcer sem se preocupar com brigas. Um grupo de garotos que cresce cada jogo incentiva a Portuguesa acima de tudo. São conhecidos como Raça Lusitana, mas não se consideram uma torcida organizada, é um “movimento”. Fazem a festa, lançam papel picado e cantam o jogo todo. Um exemplo para muitas torcidas por ai. Já vi jogos de todos os tipos com eles. A Lusa já ganhou de goleada, já tomou surras homéricas e lá estão eles com a mesma disposição e a mesma alegria de sempre. É um amor inocente, infantil que não reconhece barreiras e não impõe condições. Um convite a reflexão sobre nosso papel enquanto torcedores e nossa relação com os clubes.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Alvinho permalink
    16 outubro, 2009 6:12 pm

    Acho maneiro essas torcidas de times menores, que sempre acompanham e tal.

    Acho exatamente que servem de exemplo pras torcidas maiores.

  2. 16 outubro, 2009 6:51 pm

    A Lusinha do Rio é um time muito simpático!!! Ela e o Mequinha são meus segundos times de coração! heheh!

    Torço muito pra que ambas equipes voltem a disputar a série A do Carioca e até mesmo as séries C ou B.

    São equipes tradicionais aqui no estado e tem mais história e torcida do que muito time das principais divisões nacionais, como Santo André, Barueri, Atlético GO, Brasiliense, Duque de Caxias, Bragantino….

    Ah sim, vc sabia que a Lusinha já venceu o Real Madrid na década de 50 ou 60, nção me lembro agora… que coisa nao?

    Peço mil desculpas pelo sumiço. Estou enrolado até os cabelos e a falta de tempo me manteve afastado durante todo esse tempo da blogosfera. Prometo passar aqui mais vezes, mesmo que não atualize lá o meu blog, ok?

    Aproveito que já estou aqui e peço pra que vc visite também o Rio Futebol, se puder! Demorei, mas consegui atualizar novamente, rs!

    Grande abraço,

    Leonardo Resende
    Rio Futebol
    http://riofutebol.blogspot.com
    adm.riofutebol@gmail.com

  3. Dudu permalink*
    20 outubro, 2009 4:22 pm

    Que foda! Hehehe… essas torcidinhas, “barras”, “movimentos populares”, ou seja o nome que for, são mt maneiras mesmo. Na maioria, pregam a não-violência e o incentivo ao time, incondicionalmente.

    Show.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: