Skip to content

E assim termina…

16 maio, 2009

“- Estamos trabalhando para daqui a alguns anos podermos competir, em termos de poder aquisitivo, com os clubes do exterior. Vai chegar o dia, que direi que o Botafogo não quer negociar um atleta. E este não vai sair do clube enquanto tivermos interesse na permanência dele.”

Estas foram palavras do Presidente Maurício Assumpção, do Bota. Enquanto isso não acontece, o principal jogador do Botafogo se despede.

A Traffic recebu uma proposta de 4,5 milhões de euros pelo meia. Provavelmente, do Hoffenheim, da Alemanha. O Botafogo tentou manter o jogador com uma proposta de 5 milhões de reais, cifras consideradas altíssimas para o padrão brasileiro, e principalmente para o padrão alvinegro. Embora o negócio ainda não tenha se concretizado de fato e Maurício ainda tenha um fio de esperança, é praticamente impossível a permanência.

Enfim, resta saber agora como vai se comportar o time do Botafogo sem o Mago, até que chegue um meia ofensivo. Hoje o Botafogo não tem mais referencia na criação de jogadas.

Alvinho

Anúncios
8 Comentários leave one →
  1. 16 maio, 2009 12:12 pm

    Maicosuel realmente despontou com muita qualidade, mas é uma pena que os jogadores não possam sequer fazer um bom Brasileiro antes de bater asas e voar.

  2. Dudu permalink*
    16 maio, 2009 12:27 pm

    Cara, impressionante a cabeça pequena desses jogadores. Como o dinheiro é mais importante que tudo, como o longo prazo é sempre preferido.
    O cara poderia pelo menos terminar o Brasileiro por aqui, se destacar, criar raízes… mas não… é o tal do imediatismo. Tudo tem que ser pra ontem.

  3. Marquinho permalink
    16 maio, 2009 1:16 pm

    Mas Dudu, ai eles pensam… “Será que vou render o que eu rendi até agora?” E ficam com medo de não atuarem bem, e serem ‘esquecidos’ pela Europa…
    Realmente, tá dificil competir em poder com eles!

  4. Pedrão permalink
    16 maio, 2009 1:48 pm

    Talvez o que ele não quer é o estigma do Obina, que fez doce quando tava no auge e agora não consegue sair do Flamengo nem pra jogar no Asa de Arapiraca.

  5. Alvinho permalink*
    16 maio, 2009 2:06 pm

    Porra, mas entre Maicosuel e Obina no “auge” tem um abismo… rs

    Lamentável a força que a Europa tem perante o Brasil pra dominar o mercado. É domínio mesmo. Leva quem quer…

  6. 17 maio, 2009 11:07 pm

    É uma questão econômica grave… se alguém me chamar pra dar aula na Espanha (Eu sou professor!!) eu largo tudo e vou… quem não iria??

  7. Dudu permalink*
    18 maio, 2009 10:46 am

    Mas são carreiras diferentes… vc não viraria ídolo numa escola, por exemplo. E isso não tem preço!

  8. Dudu permalink*
    18 maio, 2009 10:47 am

    E outra: ganhar 3 mil aqui ou 6 mil na Espanha tem um peso. Tem uma diferença muito grande, é o dobro.

    Agora será que entre ganhar 200 mil aqui ou 400 mil lá tem tanta diferença assim? Ok, não vamos analisar as obviedades, se é que essa palavra existe. O mlk que é pobre, vivia com muito pouco, ganhar 200 ou 400 mil não faz diferença, ambas as quantias são muito dinheiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: