Skip to content

O Grêmio de Celso Roth

17 agosto, 2008
by

Olá Caros Leitores…

Sei que o Blog trata do futebol do Rio, mas existem certos temas que perpassam as questões do futebol brasileiro, no qual os cariocas estão inseridos. O tema tratado passa por uma série de considerações e principalmente pela fórmula do Campeonato Brasileiro.

Hoje, depois de ampla discussão, ficou decidido que o Campeonato deve ser por pontos corridos. Seria mais justo e premiaria o time mais regular. Ora, fica implantada a mediocridade aí! Não é o time que se destaca ou time de chegada, que vai ser beneficiado. O time beneficiado será o mais regular.

Diante disso tenho duas considerações importantes: 1ª – Os times cariocas ainda não apresentam organização suficiente para participar de tão longo campeonato. Ano passado e este ano, um carioca dispara e não tem fôlego para continuar. Até torço para que o Botafogo chegue este ano, mas por enquanto nada… 2ª – Implantada a ditadura da regularidade, o time mais mediano vence. Foi assim no ano passado com o São Paulo com um time arrumadinho e que o destaque era o goleiro (Rogério Ceni) e um volante (Richarlyson). Cadê os meias que prestam milhões de assistências?! Ora, ele não são importantes. Não há interesse em desequilibrar, e sim em equilibrar, em ser regular. E enfim, chegamos a esse ano. O genial brucutu Celso Roth lidera o Brasileirão, com um time que bate muito. Ataca pouco e defende com faltas. Como vamos cobrar criatividade do jogador se a questão do Campeonato é ser regular?!

Espero comentários.

Anúncios
20 Comentários leave one →
  1. Alvinho permalink*
    17 agosto, 2008 11:37 pm

    Acho que perde-se na emoção. Mas acho mais justo mesmo. Na época das fase de eliminação, mata-mata, era estranho. Um time que lidera o campeonato todo, chega em 1º nessa fase, Aí vem um jogo, somente NAQUELE jogo o time não tá legal, ele perde e dá adeus a todo um campeonato de bom trabalho. Aí o time que chegou em oitavo só na última rodada da 1ª fase, resolve crescer na fase decisiva e se sagra campeão…

    Mas é uma longa discussão, hein J? Dá pra apontar fatos e fatos…

  2. 18 agosto, 2008 12:16 am

    Exatamente…. na ocasião de 2002, se não me engano, aconteceu exatamente o que você exemplificou. O Santos de Diego e Robinho classificou-se em oitavo lugar, na última rodada. Mas com certeza, mereceu o título, pois revelou para o Brasil uma geração brilhante. De lá pra cá, qual geração surgiu de um campeão brasileiro?! Somente volantes! Hernandes, Richarlyson, Mineiro… os destaques são os jogadores de destruição de jogadas e não de marcação. Será que em 2002 seria melhor o Santos de Diego e Robinho não ganhar, porque empatou umas partidas em casa?!
    A fórmula de pontos corridos privilegia o time que joga fechadinho e sai no contra ataque.

    Sim, os pontos corridos são mais justos, porém justiça é algo frio e massante, nada a ver com o calor do velho esporte bretão. Sou substancialmente contra os pontos corridos. Acho que a justiça nesse sentido não devia se aplicar ao futebol. Não é justo com a gente que adora um bom jogo, ver esse bando de retrancas levando títulos. Cara, o Celso Roth ganhar título nacional é o fim do futebol arte!!!!

  3. Lívia permalink
    18 agosto, 2008 9:49 am

    Brasileirão por pontos corridos me faz bocejar. Mata-mata é vida!

  4. Alvinho permalink*
    18 agosto, 2008 6:26 pm

    Até concordo nesse ponto… porque o próprio futebol não é justo! Se fosse, seria um saco…

    Mas, ainda assim, não consigo tecer um lado pra ficar de forma convicta! hahaha

    Acho vantagens e desvantagens nos dois…

  5. Dudu permalink*
    18 agosto, 2008 7:12 pm

    Pois é, tb num tenho opinião formada sobre o assunto. Mas o Junico me convenceu com seus argumentos; não havia pensado sob esse ponto de vista…

    Grêmio de Willian Magrão, de Perea, Pereira… aehuaiheauie

  6. gervasio artigas permalink
    18 agosto, 2008 10:40 pm

    “O genial brucutu Celso Roth lidera o Brasileirão, com um time que bate muito. Ataca pouco e defende com faltas”. ataca pouco? hã? acho q

  7. gervasio artigas permalink
    18 agosto, 2008 10:40 pm

    “O genial brucutu Celso Roth lidera o Brasileirão, com um time que bate muito. Ataca pouco e defende com faltas”. ataca pouco? hã?

  8. Menega permalink
    18 agosto, 2008 10:43 pm

    Está na hora de ser mais realista. O Grêmio é o melhor time deste brasileirão disparado. Tem o melhor ataque, a melhor defesa, maior número de vitórias e menor número de derrotas (2 neste brasileiro e apenas 4 no ano inteiro) maior saldo de gols, melhor aproveitamento fora de casa (5 vitórias – dois empates e duas derrotas), está invicto em casa (apenas ele e o palmeiras), maior número de jogos invicto (já são 11 partidas) e de quebra, para acabar com a sua tese de time violento, só levou dois cartões vermelhos até o momento. Não confunde futebol força e competitividade com deslealdade. o Flamengo tomou um chocolatão do grêmio no primeiro turno e só não perdeu por forças ocultas de seu goleiro e do juiz. Então para de escrever inverdades e deixa de ser bairrista. Acabou a época do futebol bailarino, hoje preparo físico e conjunto forte são o grande segredo para se tornar campeão… Competitividade meu amigo, competitividade… aprende enquanto tem tempo. Abraços e boa sorte aos times cariocas.

  9. Menega permalink
    18 agosto, 2008 10:46 pm

    É verdade Gervasio, temos que perguntar…. ATACA POUCO O GRÊMIO????HÃAAA

    hahahahhaa – e o que sobra para os outros então…..huahuahuahua, eu me divirto.

  10. 18 agosto, 2008 11:15 pm

    Na boa…. a única camisa de um time que não é o meu, que eu tenho, é a do Grêmio, Campeão Brasileiro em 1996. Bairrista eu não sou mesmo. Sempre, desde adolescente, o Grêmio é um dos times que dão orgulho. A minha rixa ão é contra o Grêmio propriamente, mas contra uma fórmula que privilegia a mediocridade. O jogo Grêmio x São Paulo foi de dar sono…

    Se os gremistas quiserem levar todos os campeonatos assim, eu lamento. Preferia outros tempos…

    Dou o exemplo do meu Vasco. Para concretizar uma ascenção na tabela, tem que jogar igual time pequeno. Fechadinho, jogando no contra-ataque!!!! Na boa, isso não tá certo!!!

  11. Marcos Leal permalink
    18 agosto, 2008 11:21 pm

    Ataca pouco?

    Só poderia ser um carioco imbecil…

  12. Alvinho permalink*
    18 agosto, 2008 11:26 pm

    Opa, Marcos! Pra vir no blog ofender, pode ficar de fora, obrigado!

    Não sei de onde tu é, mas independente disso quem tá dando de imbecil é você.

  13. Rodrigo permalink
    19 agosto, 2008 1:15 am

    Só para lembrar… no ano passado o time campeão foi o time que mais fez faltas no campeonato, daí ninguém falou nda pq era o SPFashionweek

  14. alfredo permalink
    19 agosto, 2008 9:58 am

    Bom dia! Olha, tb acho o mata-mata mais legal. ainda mais que meu gremio tb é especialista neste tipo (basta ver copa do brasil)…………… e celso roth ta surpreendedno a todos aqui no sul……………… substitui atacante por atacante depois de fazer gol (nunca imaginei isso. hehe)

  15. 19 agosto, 2008 10:52 am

    é… sou um carioco imbecil!!!!! hahahaha carioco…. não vou botr mais lenha na fogueira….

    o são paulo do ano passado foi criticado no texto, não foi?! Falei que revelações do naipe de Hernandes e Richarlyson não são tão bons, porque são volantes!!! posição dos retranqueiros

    e se eu fosse bairrista mesmo, são paulo seria o primeiro bairro a ser atacado, afinal, nem praia eles tem….

  16. Lívia permalink
    19 agosto, 2008 11:12 am

    Porto Alegre também não tem praia, hahaha.

  17. Marcos Leal permalink
    19 agosto, 2008 11:56 am

    Juntos, os dois volantes do Grêmio somam apenas seis cartões amarelos em 34 partidas do Brasileirão. Para uma posição em que os choques são rotina, a média é irrisória. Rafael Carioca e Willian Magrão confirmam que é possível ser eficiente na função sem apelar às faltas.

  18. 19 agosto, 2008 1:40 pm

    Caro marcos… tá ok…. eu não tenho NENHUM problema com a equipe do Grêmio, mas sim com o modo de jogar que um campeonato de pontos corridos impõe, tá entendendo?! Os times não se soltam. O jogo São Paulo e Grêmio foi massante!! O jogo do meu time, Vasco e Inter, e olha que meu time goleou, para felicidade da massa gremista, foi péssimo, o time fechado siando para o contra-ataque. O Vasco ganhou, mas não gosto de ver um jogo assim.

  19. Dudu permalink*
    19 agosto, 2008 1:41 pm

    É que eu comentei no blog do PVC, e o recomendei esse blog…

    Aproveitem e comentem em blogs alheios, pra gente ter mais visitas.

    Porém, comentários de ofensa, eu dispenso. Vamos DEBATER com nível. E com nível alto 🙂

  20. Marcos Leal permalink
    19 agosto, 2008 2:03 pm

    Vcs tem que entender que o único futebol vitorioso é o futebol de competição. Isso exige marcação forte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: